Quase psicótico

09/08/2010

O homem não nasceu pra voar. Se tivesse nascido para tal feito, seria ave e não mamífero. Ou…, seríamos como os morcegos.

De fato, não sou alguém que vive em busca de adrenalina, pelo menos não através de aventuras que representem perigo a minha integridade física e/ou psicológica! Nunca andei de montanha-russa. Nem de roda gigante eu gosto! Como poderia, então, sentir-me confortável há 11 mil metros de altitude? Muito simples: n-ã-o me sinto! Eu passo verdadeiramente muito mal: de alteração da pressão a delírios.

Nessas férias, viajei para alguns lugares e foi tudo muito bem obrigado, depois reflito sobre.

Como minha “andança” era longa tive que ir e voltar de avião – mais precisamente de GOL (Grande Ônibus Lotado! Literalmente ônibus e lotado… grande nem tanto!). A ida, apesar do desconforto estomacal devido a minha ansiedade e medo crônico, deu-se tranquilamente. Já a volta… 

Parte 1

Muita gente viajando pela primeira vez, aquele “troca-troca” de assento: “ai é que eu queria sentar na janela”; “ai é que eu não queria ficar lá trás”; NÃO (arrrrgggghhhhh)! Decolamos.

Escala 1

Começa a dança das cadeiras e, obviamente, um(a) pateta fica em pé. A Aeromoça fala no rádio:
– Atenção, favor verificar duplicidade de assento…
– O voo está lotado, impossível ter duplicidade.
– Não sei qual a lógica dessa frase, mas paciência.

Nessa parte da viagem sentaram do meu ladinho uma mocinha e um mocinho que se disseram ‘olá’ e se puseram a prosear. O avião começou a taxiar naquela ré lenta e eterna, parecendo uma tartaruga escalando de costas e eis que de repente, não mais do que de repente, surge um ser do sexo masculino, com 1.75 cm e cerca de 40 anos andando apressadamente pelo corredor do avião. Passa uns instantes de trololó com as aeromoças… 10 minutos depois aquela voz de prisão de ventre rouca anuncia: “atenção senhores passageiros estamos interrompendo o nosso procedimento de decolagem pois um de nossos passageiros não está passando bem” (tudo isso dito em menos de 5 segundos!). Nesse momento minha linda cabeça entra em ação: Meu Deus! Será que esse cara teve um pressentimento e esse avião vai cair? O que eu faço? Fico ou vou, ficou ou vou, fico ou vou???! Calma! Respira… Aviões não caem nesse trecho. Como não? A gente está indo pra Congonhas, oi?!

Depois disso, meus coleguinhas resolveram falar de desastres aéreos. Todos os desastres aéreos dos últimos 20 anos! Dá pra imaginar como fiquei, né? Mas também, que hora mais apropriada para se falar de acidente de avião, hã?!

Conexão 1

Senta na minha frente uma menininha de 6, 7 anos no máximo. Ela começa a “dialogar”: “Ah, eu já vi pessoas pulando de avião, mas elas usam pára-quedas, aqui não tem isso. Por que você tá perguntando isso? Eu vou ter que pular? O avião vai explodir? Ia ser legal pular.” O que é que eu penso??? A menina tá falando com um espírito, ele a está preparando porque vamos morrer!

Conexão 2

Agora senta na minha frente um menininho de 4 aninhos. Curioso e conversador, ele pega o treco com os procedimentos de segurança e desata a falar: “Vamos pousar na água, né, tia? (…) Ah, é só se o avião tiver problema? Então ele vai ter né? Aí a gente tem que botar essa máscara e você vai ter que tirar seu sapato.”

Eu preciso dizer o que eu pensei?! Admito! Sou paranóica. Fico olhando pela janelinha pra ver se está saindo fumaça da turbina, ou se tem alguma luz piscando em meio a escuridão, vai que vem outro avião e pow… Pow não é legal! Imagino a asa se partindo e mais mil e duas coisas. Acho que nada me cansa tanto.

Quando cheguei… Só faltei beijar o chão…

Anúncios

2 Respostas to “Quase psicótico”

  1. O que importa é que você chegou inteira. E paranoia na medida certa faz bem. Melhor da gripe?
    Abraços!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: